• agosto

    30

    2019
  • 8
  • 0
Como fazer Mudança Organizada – 10 Dicas

Como fazer Mudança Organizada – 10 Dicas

Selecionamos as principais dicas para fazer uma mudança Organizada!

1 – FAÇA LISTAS! Isso mesmo, faça lis­tas! Chec­klista básico, sabe? Qua­dra­di­nho do lado, tarefa do outro. Fez? Marca que fez! Só pra não esque­cer de cada passo tá esperto?

► COMO EMBALAR MÓVEIS PARA A MUDANÇA
CUIDADO NA ESCOLHA DA EMPRESA DE MUDANÇAS. O BARATO, ÀS VEZES, SAI CARO
DICAS PARA TER UMA MUDANÇA TRANQUILA
MÓVEIS: MELHOR EMBALAR COM PAPELÃO OU PLÁSTICO?
COMO FAZER MUDANÇA: UM GUIA COMPLETO PARA EVITAR DOR DE CABEÇA
COMO FAZER MUDANÇA: COMO ORGANIZAR A MUDANÇA
COMO FAZER MUDANÇA: COMO FAZER EMBALAGENS PARA MUDANÇA
COMO FAZER MUDANÇA: COMO ORGANIZAR OS ITENS DEPOIS DA MUDANÇA
► COMO FAZER MUDANÇA: DEVO CONTRATAR UM SERVIÇO DE MUDANÇA?

2 – O que pas­sou, passou
Corra longe de levar na sua mudança coi­sas que você nunca mais vai pre­ci­sar. Não jogar fora tudo aquilo que você não vai pre­ci­sar vai te cus­tar tempo, espaço na nova morada e dinheiro — tempo é dinheiro! A regra de ouro é se você não usa agora, pro­va­vel­mente não vai usar mais, isso ajudará numa mudança organizada.

3 – Orga­nize a bagunça
Antes de se mudar, orga­nize aquela bagunça que sem­pre fica escon­dida em algum canto. São fer­ra­men­tas que­bra­das, brin­que­dos velhos e rou­pas que você não usa mais. Dê tudo pra cari­dade, antes da mudança. Só não vale dar coi­sas que não pres­tem mais, hein?

3 – Não pechin­che na mudança, faça uma mudança organizada
Não cometa a bes­teira que eu cometi de alu­gar um rebo­que e ten­tar fazer o transporte eu mesmo, junto com minha esposa. Não mesmo! Faça uma Mudança Organizada.Esco­lha uma empresa com expe­ri­ên­cia, seus móveis e gela­deira agra­de­cem. Esco­lher alguém sem expe­ri­ên­cia vai te dar dor de cabeça e pre­juízo, ouve o con­se­lho de quem sabe.

4 – Recrute os ami­gos na mudança
Você vai pou­par muito tempo se con­se­guir alguns paren­tes e ami­gos para aju­dar a encai­xo­tar e desen­cai­xo­tar as coi­sas. Se tiver filhos que já sejam velhos sufi­ci­en­tes pra aju­dar, ótimo! Mas cui­dado para eles não pedi­rem um reforço na mesada por conta disso.

5 – Encai­xota tudo
Cai­xas, cai­xas, cai­xas e mais cai­xas. Enfia tudo em cai­xas. Tudo? Sim, tudo! Um lugar fácil de con­se­guir cai­xas é em super­mer­ca­dos e mer­ca­dos de bairro. Alguns gran­des super­mer­ca­dos man­dam suas cai­xas pra prensa para ocu­par menos espaço. Mas em mer­ca­dos ata­ca­dis­tas, estilo Makro e Ata­ca­dão, sem­pre tem umas cai­xas dando sopa nos cor­re­do­res. Caso não encon­tre de jeito nenhum, dá um pulo no cen­tro de reci­cla­gem da cidade e com­pra algu­mas por valor bem baratinho.

6 – Crie um sis­tema ABC
Nem tudo que você vai encai­xo­tar pre­ci­sará ser desen­cai­xo­tado já no pri­meiro dia seu no novo lar, cor­reto? Então separe as cai­xas por pri­o­ri­dade. Como assim? Se os itens pre­ci­sa­rem ser usa­dos já no mesmo dia, reúna em uma caixa comum e mar­que com um grande A nela, que defi­nirá pri­o­ri­dade máxima para aquela caixa e vai ser útil na hora de pro­cu­rar as coi­sas naquele mar de cai­xas que será for­mado. Se os itens são impor­tan­tes, mas não essen­ci­ais, mar­que com um B. Se são itens que você só usa 1x no ano, como deco­ra­ção de natal, etc, mar­que com um C, e serão as cai­xas que vão ser aber­tas por último. Então, desen­cai­xote A, B e C, nessa ordem para que tudo seja bem organizada.

7 – Embru­lhe
Você vai pre­ci­sar de muito jor­nal e fita ade­siva. Quase sem­pre as coi­sas que são embru­lha­das com jor­nal ficam com tinta que as folhas sol­tam, então depois de desem­bru­lhar você pro­va­vel­mente vai pre­ci­sar limpá-las. As empre­sas de mudança usam jor­nal sem ser impresso (papel jor­nal). Para itens que não podem pegar essa tinta de jeito nenhum, com­pre o papel em uma pape­la­ria. Papel seda e papel ondu­lado tam­bém são óti­mos para embru­lhar coi­sas e podem ser adqui­ri­dos em pape­la­rias. Estes papéis tam­bém são óti­mos para dar amor­te­ci­mento para itens frá­geis como copos, pra­tos e frascos.

8 – Mar­que
Mar­ca­do­res per­ma­nen­tes (vulgo piloto) são óti­mos para mar­car as cai­xas com infor­ma­ções impor­tan­tes, como cômodo de des­tino, con­teúdo da caixa, frá­gil e “este lado para cima”.

9 – Eti­quete para uma mudança organizada
Como você está encai­xo­tando tudo, colo­que eti­que­tas, pinte, ponha ade­si­vos cir­cu­la­res, para que as cai­xas fiquem facil­mente iden­ti­fi­ca­das e fáceis de dis­tin­guir das que levam itens de cozi­nha, quarto do casal, das cri­an­ças, do banheiro e lavan­de­ria, por exem­plo. Use uma cor dife­rente para cada cômodo. Se neces­sá­rio, faça uma lista de legen­das, então você saberá facil­mente o que tem em cada caixa. Se qui­ser, você ainda pode ir antes no seu novo lar e colar ade­si­vos de cores cor­res­pon­den­tes, nas por­tas de cada cômodo que rece­berá as res­pec­ti­vas cai­xas com itens dele.

10 – Deixe tudo mais leve
O pape­lão das cai­xas pode ser manu­se­ado melhor se não exce­der 25kg de carga por caixa. Tenha isso em mente quando esti­ver encaixotando.

© Copyright 2015 Multiprime Brasil